Previsão do Tempo

Previsão do Inmet aponta possibilidade de neve e temporais no sul do país

Frio deve chegar também em Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, sul de Minas Gerais, Mato Grosso, sul de Goiás, Rondônia, Acre e sul do Amazonas

18/08/2020 - 09:03 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a partir de quarta-feira (19), a incursão de uma forte massa de ar frio, de origem polar, chegará ao Sul do país e favorecerá o declínio acentuado de temperatura. Geadas generalizadas podem acontecer já na madrugada de quinta-feira (20) no sul e fronteira oeste do Rio Grande do Sul. 

A partir da sexta-feira (21), o frio avança rapidamente sobre o Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, sul de Minas Gerais, Mato Grosso, sul de Goiás, Rondônia, Acre e sul do Amazonas, promovendo declínio de temperatura bastante acentuado nesses estados.

Em áreas do Mato Grosso, por exemplo, a temperatura deverá ter um decréscimo em torno de 10°C quando comparados aos valores entre a noite do dia 20 e a noite do dia 21 (caindo de valores em torno de 30°C para cerca de 20°C).

Com a presença da intensa massa de ar frio, há previsão de geada ao amanhecer do dia 21 no Rio Grande do Sul e no oeste de Santa Catarina. No dia 22, as geadas poderão ocorrer de forma mais generalizada no oeste dos estados da Região Sul e também no sul do Mato do Grosso do Sul e Sudoeste de São Paulo.

Além disso, com a umidade remanescente e o frio intenso, há também possibilidade de queda de neve nas regiões serranas do Rio Grande do Sul, no Oeste, Sul, Meio-Oeste e Planalto Norte de Santa Catarina bem como em áreas do Sul e Sudoeste do Paraná, entre o fim de tarde e noite de quinta-feira (20) na sexta-feira (21) e no sábado (22).

Temporais
O Inmet também alerta que os temporais que atingiram o estado de Santa Catarina na última sexta-feira podem ocorrer novamente na região nos próximos dias. Os temporais deverão ser significativos especialmente no decorrer do dia 18.

Imagens de satélite indicam regiões com a presença de nuvens convectivas intensas, ou seja, que ocasionam tempestades, sobre o norte do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

A persistência das condições atmosféricas dos ventos quentes de noroeste/norte nos baixos níveis, combinados com ventos da atmosfera com uma circulação transversal com os ventos na alta atmosfera e uma baixa pressão atmosférica entre a Argentina e a Região Sul do Brasil ainda será favorável à ocorrência de novos temporais, com chuvas intensas, ventos de rajadas e queda de granizo em áreas localizadas, entre o sul do Mato Grosso Sul, sul de São Paulo, Paraná e Santa Catarina, entre segunda (17) e quarta-feira (19). 

Entre os dias 13 e 14 de agosto foram registrados temporais acompanhados de fortes rajadas de vento, granizo e até tornado no oeste de Santa Catarina. 

 

Informações por Mapa

Compartilhar

Últimas Notícias