Agricultura

Mato Grosso do Sul encerra período do vazio sanitário no dia 15 de setembro

Ferrugem asiática da soja foi identificada pela primeira vez no Brasil em 2001

11/09/2019 - 08:26 | Por Kaile Rodrigues - SBA

O objetivo do vazio sanitário da soja não é eliminar a ferrugem, mas preveni-la. A medida é uma estratégia de manejo para reduzir o inóculo nos primeiros plantios, diminuindo a possibilidade de incidência da doença, no período vegetativo e, consequentemente, reduzindo o número de aplicações de fungicidas e o custo de produção.

A ferrugem asiática da soja foi identificada pela primeira vez no Brasil em 2001. Hoje essa doença, considerada a principal na cultura da soja, possui um custo médio de US$ 2 bilhões por safra.

O agricultor que não cumpre o vazio fica sujeito a penalidades como multas. Atualmente, 12 Estados adotam o período do vazio sanitário regulamentado: Tocantins, Maranhão, Pará, Bahia, Rondônia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, São Paulo, Minas Gerais e Paraná. Cada estado tem o seu próprio período de vazio sanitário.  

Compartilhar

Últimas Notícias