Valor da Produção Agropecuária alcançou R$ 563,5 bilhões

Algodão, cacau, café, soja, tomate e trigo representam 37,6% do valor

Valor da Produção Agropecuária alcançou R$ 563,5 bilhões

Algodão, cacau, café, soja, tomate e trigo representam 37,6% do valor

Economia
Por Esthéfanie Vila Maior - SBA
15/08/2018 às 12h
Valor do algodão teve alta de 43,2%

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) estimado até julho alcançou R$563,5 bilhões, 2,2% menor que os R$ 575,9 bilhões apurados no ano de 2017. As lavouras tiveram redução de 0,6% e a pecuária de 5,3%, em relação ao ano passado. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Os produtos com melhor desempenho foram algodão, com aumento real de 43,2%, cacau (28,6%), café (8,5%), soja (9,8%), tomate (17,2%) e trigo (62,3%). Os seis produtos representam 37,6% do VBP. Algodão e soja apresentam recordes de valor de produção na série analisada, desde 1990. 

De acordo com o coordenador geral de Estudos e Análises da Secretaria de Política Agrícola do Mapa, José Garcia Gasques, isso faz com que os estados líderes nesses produtos apresentem resultados excepcionais de faturamento em 2018. As alterações durante o ano serão poucas, já que a safra de verão representa quase a totalidade da produção de grãos e se encontra finalizada.

Entre o grupo com resultados desfavoráveis estão arroz, com queda real do valor de 20,8%, cana-de-açúcar (-7,3%), feijão (-29,1%), laranja (-19,6%), mandioca (-15,8%), e milho (-9,4%). Todos esses tiveram redução acentuada de preços e quantidades produzidas, no comparativo com o ano passado.

Pecuária
Na pecuária, todos os itens apresentaram valores inferiores aos de 2017. Os preços reais foram menores que no ano passado, principalmente dos suínos (-19,2%), frango (-6,3%), leite (-5,2%) e ovos (-11,5%). Os preços internacionais mais baixos e redução do consumo interno são apontados por Gasques como principais fatores que afetaram o comportamento do segmento.

Veja também


Comentários


© Copyright 1996-2018 - Sistema Brasileiro do Agronegócio - Todos os Direitos Reservados