Propostas para Plano Trienal do Seguro Rural são debatidas pela CNA

Demandas do Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) também foram discutidas por Comissão

Propostas para Plano Trienal do Seguro Rural são debatidas pela CNA

Demandas do Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) também foram discutidas por Comissão

Nacional
Por Esthéfanie Vila Maior - SBA
20/08/2018 às 09h
Reunião aconteceu na última semana

A Comissão Nacional de Política Agrícola da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) debateu propostas para formatação do Plano Trienal do Seguro Rural (PTSR), que define as regras e prevê recursos para o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR). 

De acordo com presidente da Comissão, Pedro Loyola, o colegiado está discutindo uma nova proposta para incluir mais produtores. O nível de cobertura para acesso ao subsídio é de, no mínimo, 60%. Entretanto, o ideal é que esse valor vá para 65% para incentivar melhores produtos de seguro.

“Nós estamos preocupados com algumas atividades que têm um risco maior e, nesses casos, a subvenção já é um valor menor. A ideia é manter ou aumentar a cobertura dessas culturas que fazem com que os prêmios fiquem mais elevados para o produtor, como trigo, milho safrinha, frutas e algumas hortícolas”.

Proagro
Também foram discutiras demandas para aperfeiçoar o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro). Uma delas é a inclusão de plantios consorciados, como o milho e o capim braquiária.

Outro ponto debatido, é a necessidade de reformulação da Comissão Especial de Recursos do Proagro. Atualmente, as análises dos processos são feitas por três turmas de julgamento dos processos indeferidos pelas instituições financeiras e não há prazo definido para dar resposta ao produtor. Algumas análises chegam a demorar meses.

Veja também


Comentários


© Copyright 1996-2018 - Sistema Brasileiro do Agronegócio - Todos os Direitos Reservados