Operação Webcida fiscaliza venda irregular de agrotóxicos pela internet

Ações foram coordenadas pelos Ministérios Públicos do PR e RS, com participação do Mapa e Ibama

Operação Webcida fiscaliza venda irregular de agrotóxicos pela internet

Ações foram coordenadas pelos Ministérios Públicos do PR e RS, com participação do Mapa e Ibama

Agricultura
Por Esthéfanie Vila Maior - SBA
30/07/2018 às 10h
Fiscalização foi realizada de segunda (23) a sexta-feira (27)​​​​

A Operação Webcida, voltada ao combate de venda de agrotóxicos pela internet, foi realizada na última semana nos estados do Paraná e Rio Grande do Sul. Agrotóxicos eram comercializados online e entregues pelos Correios, prática considerada proibida.

Realizada de segunda (23) a sexta-feira (27), a fiscalização buscou impedir a venda online de agrotóxicos de uso agrícola aos consumidores, mesmo os que não eram agricultores ou pecuaristas, além da comercialização do produto sem receituário agronômico. 

Para burlar a fiscalização e o transporte proibido, os comerciantes não emitiam nota fiscal ou adulteravam a declaração de conteúdo, identificando o agrotóxico despachado como sendo detergente para veículos, adjuvantes e fertilizantes para orquídeas.

A ação foi coordenada pelos Ministérios Públicos dos dois estados e teve a participação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Ibama, Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) e Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi-RS).

As empresas foram alvo de cumprimento de mandado judicial de busca e apreensão. Outros cinco estabelecimentos foram multados, totalizando R$ 136 mil em multas.

Veja também


Comentários


© Copyright 1996-2018 - Sistema Brasileiro do Agronegócio - Todos os Direitos Reservados