Governo repassa R$ 3 bilhões do Funcafé para 21 bancos

Nos próximos dias, haverá liberação para outras 16 instituições financeiras que operam o fundo

Governo repassa R$ 3 bilhões do Funcafé para 21 bancos

Nos próximos dias, haverá liberação para outras 16 instituições financeiras que operam o fundo

Agricultura
Por Esthéfanie Vila Maior - SBA
08/08/2018 às 12h
Neste ano, o Funcafé dispõe de R$ 4,9 bilhões para financiar o setor

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) repassou, nesta semana, R$ 3 bilhões às instituições financeiras que operam o Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). Neste ano, são R$ 4,9 bilhões para financiar o setor. Nos próximos dias, haverá outras liberações para 16 bancos.

Os recursos foram transferidos o ABC Brasil, Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo, BBM, BMG, Bradesco, China Construction Bank, Citibank, Bancoob, Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, Fibra, Itaú Unibanco, Original, RaboBank, Ribeirão Preto, Votorantim, Sicoob Credialp, Sicoob Credicarmo, Sicoob Agrocredi, Sicoob Credivar, Sicoob Coopacredi e Sicoob Credinter.

O fundo será aplicado na safra 2018/2019, em financiamentos de custeio, estocagem, aquisição de café, capital de giro para indústrias de café solúvel e de torrefação de café, cooperativas de produção e recuperação de cafezais danificados.

As liberações somam R$ 1,86 bilhão para a linha de financiamento de estocagem, R$ 1,1 bilhão para custeio, R$ 1 bilhão para aquisição de café (FAC), R$ 200 milhões para capital de giro a indústrias de café solúvel, R$ 300 milhões para torrefação e R$ 425,2 milhões para as cooperativas de produção, além de R$ 10 milhões para recuperação de cafezais danificados. 

Os juros foram definidas no lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2018/2019, no início de junho deste ano. As taxas de financiamentos de custeio e estocagem foram fixadas em até 7% ao ano e até 9,5% a.a. para FAC e linhas de capital de giro, para as cooperativas e indústrias do setor.

Veja também


Comentários


© Copyright 1996-2018 - Sistema Brasileiro do Agronegócio - Todos os Direitos Reservados