Agronegócio

Fecha em R$ 176 bilhões a contratação de crédito rural na safra 2018/2019

Valores foram divulgados na última quinta-feira (11)

12/07/2019 às 09h   |   Por Douglas Ferreira - SBA

Segundo informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a utilização de recursos do crédito rural, equivalente ao encerramento da safra 2018/2019, período iniciado em julho/2018 e junho/2019, finalizou com R$ R$ 176 bilhões. Esse montante retrata uma elevação de 4% relativo ao valor aplicado em no mesmo período da safra passada, que foi de R$ 169,5 bilhões.

Os valores foram divulgados ontem, quinta-feira (11) e fazem parte do Balanço de Financiamento Agropecuário da Safra 2018/19 da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Mapa, baseados nos dados do Sistema de Operações do Crédito Rural e do Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro), do Banco Central. As aquisições do crédito rural para custeio somaram R$ 99 bilhões (+7%), dos quais R$ 19,9 bilhões (+24%) realizados pelos médios produtores (Pronamp).

Os desembolsos alcançaram R$ 43,63 bilhões para os investimentos, apontando aumento de 9% em comparação com valores aplicados na safra anterior, com ênfase para os programas de investimentos realizados pelo BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento) com incentivo de 18%, ou seja, R$ 15 bilhões aplicados.

Moderfrota, para aquisição de máquinas e implementos agrícolas (R$ 8,8 bilhões – 17%); Moderagro, para projetos de modernização e expansão da produtividade nos setores agropecuários (R$ 857 milhões – 26%); PCA, para a construção e ampliação de armazéns (R$1,1 bilhão – 25%) e o Prodecoop, para as cooperativas investirem na modernização dos sistemas produtivos e de comercialização (R$ 1,36 bilhão – 159%) estão entre os destaques nos programas de investimentos.

Letras de Crédito do Agronegócio (LCA’s) está entre os recursos em evidência, cujas aplicações aumentaram de R$ 24 bilhões para R$ 29 bilhões.


 

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)


Últimas Notícias

Comentários