Agronegócio

Começo de junho aponta queda no mercado do boi gordo

Agentes de mercado estão atentos à reação do mercado em decorrência ao pseudo caso de “vaca louca” no Mato Grosso

07/06/2019 às 17h   |   Por Douglas Ferreira - SBA

Segundo pesquisadores Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) os preços do boi gordo começaram este mês registrando quedas um pouco intensas. No acumulado parcial de junho, entre 31 de maio a dia 5 de junho, o Indicador do boi gordo ESALQ/B3 aponta recuo de 5%, fechando a R$ 145,50 na última quarta-feira (5). Esse cenário está relacionado à forte retração de agentes, que estão atentos à reação do mercado internacional por conta da notícia de um caso atípico de “vaca louca” em Mato Grosso.

Como medida preventiva adotada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), os embarques de carne bovina à China, que é um dos principais destinos da proteína nacional, atrás apenas de Hong Kong, foram suspensos. Essa paralisação, que atende a uma cláusula do acordo sanitário entre o Brasil e o país asiático, duraria pelo menos um mês, mas o governo espera que esse período seja menor. Vale ressaltar que, a demanda asiática somada ao dólar elevado têm favorecido o resultado com as exportações nacionais de carne bovina in natura. De acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), nos cinco primeiros meses deste ano, a receita em moeda nacional foi recorde e o volume embarcado, menor apenas que o de 2007.  

 

 

Fonte: Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea)


Últimas Notícias

Comentários