Agronegócio

Pesquisa Embrapa apresenta produção integrada com pimentão

Redução de custos com defensivos pode ser em até 30%, diz pesquisador

22/05/2019 às 17h   |   Por Douglas Ferreira - SBA

Foto: Divulgação

De acordo com o entomologista Jorge Anderson Guimarães, responsável pelas pesquisas relacionadas à produção integrada no setor de Hortaliças da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) o monitoramento de pragas e doenças durante o manejo da cultura do pimentão é capaz de reduzir em torno de 30% da aplicação de produtos químicos na lavoura.

O procedimentos é recomendado pela produção integrada do pimentão (PIP) e proporcionou a economia ao ser associada a outras medidas como o controle biológico de pragas.

Segundo o último relatório do PARA, referente ao período de 2013/2015, foram estudados em todo território nacional 243 amostras de pimentão, uma vez que 214 delas apresentavam resíduos de agrotóxicos não autorizados para a cultura. Dessas, 21 foram consideradas insatisfatórias exclusivamente por conter resíduos não autorizados, mesmo em concentrações inferiores a 0,001 mg/kg.

Com a publicação da resolução técnica específica e a disponibilização das boas práticas, especialistas buscam a implantação de unidades para demonstração em propriedades rurais.

 

Fonte: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)


Últimas Notícias

Comentários