Agricultura

Pressão nas cotações da mandioca diminuem

A menor oferta segundo Cepea foi o motivo

15/04/2019 às 12h   |   Por Douglas Ferreira - SBA

Foto: Divulgação 

Conforme pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a moagem da mandioca foi reduzida em decorrência da menor disponibilidade de lavouras com maior de dois ciclos, e o pouco interesse de agricultores pela colheita e vendas raízes mais novas, todo esse cenário afetou de modo direto a indústria de fécula. Para as farinheiras, o volume de matéria-prima foi o necessário para atender à procura industrial. Embora uma porcentagem das fecularias aponta para uma retoma no processamente, a demanda pela matéria-prima segue firme.

Segundo Cepea, apesar de não ter sido registrada disputas entre as firmas, foram apontados fatos de elevação no pagamento ao agricultores, o objetivo é manter a oferta, entretando não há resultados efetivos. Os preços da mandioca seguem em queda, mas em menor intensidade entre os dias 8 e 12 de abril. A média semanal a prazo do produto posto na fecularia registrou baixa de 1,8%, comercializada a R$ 296,79 por tonelada, na balança hidrostática de 5 kg vendida a R$ 0,5162 por grama de amido.


Últimas Notícias

Comentários