Pecuária

ABCZ quer mudar estatuto social

Mudanças devem ser aprovadas por pelo menos 200 associados

25/04/2019 às 10h   |   Por Jorge Zaidan - SBA

Foto: Divulgação (Sede da SRTM-Sociedade Rural do Triângulo Mineiro, em 1934.)

A Diretoria da ABCZ-Associação Brasileira dos Criadores de Zebu quer alterar o estatuto da entidade, que nasceu há 85 anos (1934), em Uberaba (MG) com o nome de Sociedade Rural do Triângulo Mineiro. O nome, cuja sigla é ABCZ, nasceu em 1967, quando, no regime militar, organizações societárias nacionais foram obrigadas a alterar seus estatutos, transformando-se em associações.

Durante a Expozebu, que será inaugurada neste sábado (27), a diretoria comandada por Arnaldo Machado Borges, apresenta a proposta de nova mudança no estatuto. Todos os mais de 22 mil associados da entidade foram convocados para assembleia, marcada para as 14h do dia 2 de maio, na sede da entidade, no Parque “Fernando Costa”.

O procurador Jurídico e chefe de compliance da ABCZ, Cláudio Fontoura, disse esperar grande participação de associados que estarão em Uberaba, em visita à feira. Segundo ele, a proposta apresenta mudanças em 15 artigos do atual Estatuto Social.

Entre os pontos de alteração estão a atualização às novas leis federais, ações para o fortalecimento da imagem internacional da ABCZ e aumento da responsabilidade social e política da entidade, além de alterações para o processo de eleição das próximas diretorias. O objetivo, de acordo com o procurador, é introduzir melhorias para os associados. Para alterar o estatuto, a assembleia deve contar com a presença de, pelo menos, 200 associados.

 


Últimas Notícias

Comentários